Testemunhas são ouvidas em Audiência de Instrução de AIJE contra Prefeita de Diamante

Diamante Online
A Audiência de Instrução da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra a Prefeita Carmelita de Lucena e a vice-prefeita Clarice Aguiar, foi realizada na manhã desta sexta-feira (25), no Fórum João Espínola, na cidade de Itaporanga (PB).
O Juiz da 33ª Zona Eleitoral, Antônio Eugênio, ouviu três testemunhas dos investigantes e outras quatro dos investigados.
A ação foi impetrada pelo partido que saiu derrotado nas eleições de 2016 na cidade, o PMDB, alegando gastos sem comprovação.
A Prefeita Carmelita que acompanhou toda a instrução processual, disse que ficou muito satisfeita com os depoimentos das testemunhas e acredita que resultado do processo será satisfatório. “A justiça tem demonstrado a intolerância com acusações fictas. Acredito que as testemunhas desse processo, tanto de um lado como do outro, esclareceram tudo. Agora iremos aguardar o parecer do judiciário”, comentou.
Carmelita que é o PSDB, foi eleita prefeita do município de Diamante com 2.534 votos.  
   

Fechar[x]