Noite sangrenta em Itaporanga: um jovem é assassinado e outro vítima de uma tentativa

Uma noite violenta em Itaporanga: por volta das 19 deste domingo, 3, um jovem foi assassinado a facadas na Rua Dandão Severino, enquanto outro, de 23, foi esfaqueado em uma rua por trás do Itaporanga Esporte Clube.

A vítima fatal foi Valderir Missiano da Silva (foto), de 19 anos, que era solteiro e morava com um primo no conjunto Miguel Morato.

(Vítima caiu no meio da pista)

As primeiras informações indicam que o rapaz foi esfaqueado por um homem com quem havia se desentendido nas proximidades do estádio municipal e, mesmo ferido, ainda caminhou alguns metros, caindo no final da Rua Dandão Severino, saída para Piancó.

O autor do crime ainda não foi identificado. Valderir era filho de uma senhora conhecida como Damião Missiano, que sofre de alcoolismo e se abriga em um prédio público abandonado também próximo ao campo de futebol. Vítima de abandono familiar e exclusão social, o jovem assassinato passou toda a vida residindo na casa de parentes. Depois do trabalho pericial, o corpo foi removido a Patos para exame cadavérico.

Instantes depois do homicídio, mais um fato mobilizou a polícia de Itaporanga. O jovem Anderson Alves Nunes, de 23 anos, foi esfaqueado quando passava em uma rua por trás do Itaporanga Esporte Clube. Ele, que havia chegado recentemente de São Paulo e morava com os pais na Bela Vista, sofreu uma perfuração no tórax e identificou o agressor, mas ainda não se sabe o motivo do ataque.

Ele foi socorrido inicialmente par o hospital de Itaporanga e, em seguida, transferido para o regional de Patos. Depois que chegou de viagem, o jovem trabalhava com os tios em uma oficina de solda. A polícia está à procura do acusado.

Fonte: Folha do Vale
Fechar [x]