Deputado sertanejo vê necessidade, urgente, de revitalização do Rio Piancó

Josinato Gomes

O deputado estadual Branco Mendes (PEN) defendeu, esta semana, da tribuna da Assembleia Legislativa, a revitalização do rio Piancó, no Sertão, alegando que o afluente do grande Açude de Coremas – que nasce em Santa Inês, no Vale do Piancó – encontra-se seriamente assoreado, em razão de um processo de degradação muito acentuado, com as matas ciliares totalmente destruídas, e gravemente poluído, por esgotos que são lançados, ao longo de seu leito, por cidades ribeirinhas.

Segundo o deputado, em razão desse problema, o Rio, principal tributário do armazenamento do ‘Coremas’, não está preparado para receber água do Rio São Francisco, através da Transposição, posto que foi transformado, nos últimos tempos, numa espécie de esgoto-a-céu-aberto.

Ele diz entender que, por toda a extensão do problema, a revitalização do exige esforços, não só da classe política, mas de toda a sociedade regional, no que terá que ser incluída, também, a iniciativa privada.

Fechar[x]