Os números de casos de HIV este ano no Vale. Nova gerente de Saúde alerta para riscos da AIDS

Somente entre janeiro e novembro deste ano foram diagnosticadas no Vale seis pessoas portadoras do HIV, vírus causador da AIDS, duas das quais já com sintomas da doença, segundo a Gerência Regina de Saúde, com sede em Piancó. Os casos estão distribuídos em quatro municípios regionais.
                
São quatro pessoas infectadas pelo virus sem sintomas e duas já doentes. No entanto, é provável que o número de infectados seja bem maior do que os dados oficiais, ou seja, muita gente pode ser portadora do vírus e não saber, aumentando os riscos de novos contágios.

               
Por isso, a nova gerente regional de Saúde, Girleide Pereira de Oliveira, que assumiu o cargo há 15 dias, alertou as pessoas para que procurem os postos de saúde e faça o teste rápido. “Isso é importante também porque o portador do vírus pode iniciar o tratamento e evitar o desenvolvimento dos sintomas da doença”, comentou.
                
Conforme ainda ela, com base na literatura sobre a doença, os principais grupos de riscos no interior são as mulheres solteiras com vida sexual ativa e, principalmente, garotas de programa. Homossexuais e usuários de drogas injetáveis também estão entre os mais vulneráveis ao vírus.  O uso de camisinha nas relações sexuais e a utilização de seringas descartáveis no uso de drogas são alguns dos principais meios de evitar a doença.

Folha do Vali
Fechar[x]