Empresa nega acusações e vai a Justiça para provar a lisura do Concurso Público de Diamante

A empresa Educa Assessoria Educacional - LTDA, negou no final da tarde desta quinta-feira (10), que tenha ocorrido qualquer evento ou fraude, seja na execução das Provas ou na divulgação do Resultado do Concurso de Diamante.
Girleide Medeiros, proprietária da Empresa, lamentou a conotação política que foi dada durante todo o processo de realização do Concurso, tendo em vista que aconteceu próximo ao período eleitoral, mas que a Empresa tem mais de 11 anos no mercado, já realizou mais de 50 Concursos, é da Paraíba, com Sede da Cidade de João Pessoa e sempre primou pela lisura e segue os padrões técnicos, legais e pedagógicos recomendados para a realização do Concurso.

As Provas foram aplicadas nas cidades de Itaporanga e Diamante, ocorreu tudo na mais perfeita ordem. Fomos elogiados pelo padrão de organização da Empresa pela equipe de Coordenadores de Polo e Fiscais, onde foram realizadas as Provas.
"Quanto ao Resultado do Concurso, não interessa a sigla partidária e nem se pertence a qualquer outro grupo, cargo que ocupa ou outra situação, mas o que primamos é pelo mérito de cada candidato, e quem foi aprovado (a) sabe que seu esforço foi respeitado. Registramos que fizeram a inscrição 3.463 candidatos para concorrer a 103 vagas, situação que muitas vezes, tem candidato que não aceita o resultado e tenta desqualificar todo o processo do Concurso, e chega a ligar para a empresa com as mais absurdas ameaças", pontuou.
"Por todas as calúnias levantadas, só lamentamos o intuito de denegrir a imagem da Empresa, mas nós que fazemos a EDUCA, vamos à justiça disponibilizar todo material do Concurso e Provar que não teve Envelope aberto e nem outra irregularidade que comprometa o Certame", concluiu.
Fonte: Diamante Online com Assessoria
Fechar[x]