Tragédia passional em Itaporanga: jovem fere esposa e, depois, tira a própria vida

O jovem Ramon Vieira da Silva, de 28 anos, tirou a própria vida no final da manhã desta quarta-feira, 30, quando conduzia um carro em direção à sua casa, que fica no sítio Lagoa do Mato, município de Itaporanga. 

Ele cometeu suicídio depois de agredir violentamente a esposa, que foi encontrada gravemente lesionada no interior da residência do casal e encaminhada ao hospital.
                
Segundo as primeiras informações policiais, o rapaz estava sozinho no carro e, mesmo com o veículo em movimento, atirou com um revólver contra a própria boca, tendo morte imediata. 


A arma caiu sobre seus pés. Ferido mortalmente, o jovem perdeu o controle do carro, que saiu da estrada e bateu contra uma construção. A via onde ocorreu o fato passa por um loteamento por traz da escola estadual Adalgisa Teódulo, na parte oeste da cidade.
               

Informações preliminares indicam que ele estava separado da esposa havia alguns dias, mas, nessa manhã, pegou a mulher na casa dos pais dela no sítio Angicos, município de Boa Ventura, onde ela se encontrava, e a levou para a residência do casal. Como supõe a policia, ele agrediu fisicamente a companheira e, em seguida, foi até a cidade, onde demorou pouco, mas, no retorno para o sítio, tirou a própria vida.
                
Foi a polícia quem encontrou a mulher ferida dentro de casa. Segundo um agente de investigação da delegacia de Itaporanga, que esteve no local, ela foi encontrada prostrada sobre uma casa e se encontrava sozinha na residência. Conforme ainda o policial, a mulher não tem aparentemente lesão por tiro, mas seu rosto está desfigurado.
         
O casal tem dois filhos pequenos, que estão na residência do avô paterno, um popular conhecido como Raimundo de Alaíde, que reside na Avenida Padre Lourenço, centro de Itaporanga.  Informações de pessoas próximas ao jovem dão conta de que ele estava muito abalado emocionalmente em função dos problemas conjugais que enfrentava.
                
Essa é  segunda tragédia passional nos últimos três meses em Itaporanga: no final do ano passado, um funcionário público matou a esposa e, depois, cometeu suicídio. Depois do trabalho pericial, o corpo será encaminhado para exame cadavérico em Patos.

www.folhadovali.com.br
Fechar [x]