Preocupados, Vereadores de Curral Velho vão procurar o MP para questionar promessa feita pela Aesa


Durante a Sessão deste sábado (27), na Câmara Municipal de Curral Velho (PB), no tema livre, os vereadores questionaram e debateram uma promessa feita pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), em realizar um estudo para possivelmente abrir as comportas da Barragem de Bruscas, na tentativa de assegurar o abastecimento da cidade de Boa Ventura, cumprindo um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), realizado entre Ministério Público, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) a Aesa e os gestores da cidade de Diamante e Boa Ventura, no início da semana passada.

Para os vereadores, a promessa da Aesa será questionada, pelo fato que recentemente, os parlamentares solicitaram a abertura das comportas, ainda quando o manancial estava com mais de 10 milhões de metros cúbicos de armazenamento, quando receberam a resposta dizendo que Bruscas não suportava esta abertura, agora eles não entendem o motivo que contraria a resposta recebida, pois mesmo com as chuvas de janeiro e fevereiro, Brucas não recebeu água.
“Quando fomos solicitar a abertura, recebemos um simples NÃO, de lá pra cá a capacidade diminuiu ou se estabilizou, pois os dados do site da Aesa mostram isso, e todos nós vereadores passamos a não entender o motivo que agora poderá ser aberta as comportas”, comentou o Vereador Antônio Carnaúba.
O Vereador-Presidente, Cleonaldo Leite, não concorda com a abertura e sugere que as autoridades possam socorrer a cidade vizinha através de uma adutora ou por meio de carros pipas. “O desperdício será enorme e a nossa população já teme um colapso, não concordamos com esta atitude, se nós não pudemos ser atendidos quando tinha a disponibilidade, agora iremos questionar junto ao Ministério Público esta atitude”, pontuou.
Os demais vereadores (Tião Domingos, Conrado, Neto Estrela, Antônio Nogueira, Cida de Creusa, e Amanda) assinaram a ata e concordaram em procurar o Promotor Dr. Reynaldo Di Lorenzo Serpa, nesta terça-feira (1º), em Itaporanga.
Durante a assinatura do TAC, a Aesa se comprometeu a realizar e encaminhar à Promotoria de Itaporanga, no prazo de 30 dias, estudo minucioso a respeito da possibilidade da abertura das comportas do Açude de Bruscas, em Curral Velho, a respectiva vazão bem como a melhor época para a abertura, tendo em vista o período chuvoso. Caso não haja cumprimento das cláusulas do TAC, será aplicada uma multa no valor de R$ 10 mil, acrescida de R$ 2 mil por dia de atraso.

Fonte Diamante Online

Fechar [x]