Vereadores denunciam funcionários fantasmas, atraso de salários, além de outras irregularidades na prefeitura de Piancó

CAMARA PIANCO PREDIODurante a sessão desta quinta-feira(3) vereadores de Piancó denunciaram que, a prefeitura de Piancó mantém mais de trinta funcionários fantasmas recebendo altos salários, ruas sem esburacadas, atraso no pagamento dos funcionários, além da falta de investimentos.
Segundo o vereador Hermógenes Xavier, a prefeitura de Piancó emprega mais de trinta funcionários fantasmas, recebendo altos salários, muitos com salários de secretários. O parlamentar disse ainda que, dezenas desses funcionários não residem na cidade. “O prefeito sabe sobre o caso, mas deixa-os sugando a prefeitura e ainda enviou para câmara a LDO, pedindo de forma irresponsável uma suplementação de 50%”. Por isso e outras irregularidades que que a cidade se encontra no abandono. Disse Hermógenes.

O vereador Neguinho Marinheiro afirmou que em Piancó já foi confirmado casos de microcefalia, inclusive com mortes e até o momento, o prefeito não fez nenhuma ação para falar sobre o assunto com a população.
A vereadora Cristiane Remígio Carvalho pediu ao prefeito e a secretária de educação que pagasse os salários dos professores e funcionários da educação que continuam em atraso. Ela falou ainda que, sequer se fala no pagamento do décimo terceiro salário. E parabenizou os moradores próximo da Praça Agamenon Farias que cuidam da manutenção da Praça.
O vereador Junior Bráulio(Dr. Rato), disse que não existe planejamento na prefeitura e apesar de Piancó receber inúmeros recursos o descaso é total na cidade.
Nenen de Fandiga lembrou que, a principal praça da cidade necessita de reparos. Já a vereadora Antonia Regina, disse que são mais de 500 funcionários contratados sem necessidade e lamenta a situação que o município atravessa.
A vereadora Erilene Alves, se mostrou perplexa diante do transporte das pessoas que são levadas para hemodiálise. Segundo ela, os pacientes viajam até João Pessoa em uma ambulância desconfortável e, além disso, não usam cinto de segurança. Pediu ao secretário de saúde e ao prefeito que solucione outro transporte.
Vale News PB
Fechar [x]