Mulher no comando: Diretora da Cadeia Pública de Itaporanga começa a ganhar espaço ao traçar novos destinos da Unidade Prisional com Juiz das Execuções Penais

A nova diretora que passou a comandar a Cadeia Pública da cidade de Itaporanga, Edna Alves de Lucena (caso inédito), começa a ganhar espaço e olhares diferenciados, após uma reunião com o Juiz Antônio Eugênio, que responde pela Vara das Execuções Penais da Comarca.

A Agente Penitenciária disse que está na missão de colaborar com o melhor desempenho da equipe, em consonância com as Polícias Civil e Militar, elencando a importância do judiciário local.

(Agentes se reuniram com o Juiz)

Durante a reunião, o Juiz Antônio Eugênio que vem atuando de forma brilhante em todo o Vale do Piancó, disse que tem interesse em ajudar a Cadeia Pública de Itaporanga. Ele solicitou um relatório das maiores necessidades do local, prometendo fazer o possível para atender, com a utilização do Fundo Penitenciário.  

"Já começamos a nova gestão fazendo uma parceria inédita com o 13º Batalhão, que nos disponibilizará semanalmente o atendimento a seis apenados com tratamento odontológico. Os presos precisam de um tratamento com mais qualidade, para isso, vamos fazer algumas reformas nas celas, a exemplo de novas pinturas", pontuou Edna.   

Edna poderá se destacar mais ainda, pelo fato de ser a primeira mulher a assumir o cargo de confiança em Itaporanga, fazendo jus mais uma vez as suas atribuições, já que há mais de 4 anos ela presta seus serviços na Unidade, onde sempre demonstrou total credibilidade e competência no que vem fazendo.


DiamanteOnline 
Fechar [x]