Pedra Branca e Igaracy com os maiores déficits financeiros nos primeiros 4 meses do ano

Entre as menores Prefeituras regionais, Pedra Branca e Igaracy se destacaram pelo elevado déficit financeiro entre janeiro e abril deste ano, ou seja, não conseguiram pagar tudo o que compraram nos primeiros quatro meses de 2015.
            
A Prefeitura de Pedra Branca, por exemplo, empenhou despesas com produtos e serviços entre janeiro e abril na ordem de 3 milhões e 694 mil reais, mas pagou apenas 2 milhões e 591 mil reais, um déficit superior a 1 milhão de reais. Isso significa que muitos fornecedores não receberam em dia.

            
A maior despesa no período foi com a folha de pagamento dos servidores, que consumiu mais de 1 milhão e 118 mil reais, com um custo mensal superior a 400 mil. São 314 funcionários, um terço deles comissionado.
            
Em Igaracy, o déficit foi ainda maior: a Prefeitura empenhou 3 milhões e 912 mil reais em despesas, mas pagou somente 2 milhões e 739 mil reais, um desajuste de quase 1 milhão e 200 mil reais nos primeiros quatro meses deste ano.
         
A folha de pagamento do funcionalismo consumiu 2 milhões e 286 mil reais no período, com uma despesa mensal superior a 600 mil reais. São 454 funcionários, dos quais 124 comissionados e contratados sem concurso.
          
Entre as maiores Prefeituras, os déficits mais expressivos foram dos municípios de Piancó e Itaporanga nos 120 dias já referidos.

www.folhadovali.com.br
Fechar [x]