Cantor Pinto do Acordeon tem parte da perna amputada em hospital de Recife

O cantor e compositor paraibano, Pinto do Acordeon, 67 anos, precisou amputar parte da perna devido a complicações em seu estado de saúde, decorrentes da diabetes.

Sentindo muitas dores, ele foi submetido a exames que comprovaram a necessidade da amputação de parte de um dos membros inferiores.(Foto da visita do cantor Novinho da Paraíba).

“Os médicos fizeram de tudo pra não amputar a parte da perna, mas, infelizmente não teve jeito”, disse uma amiga da família.


O artista está internando no Hospital IMIP em Recife, onde segue em observação médica e conta com apoio e a torcida da família, amigos e fãs. O cantor está lúcido e passa por exames regulares.

No mês de dezembro, Pinto do Acordeon foi internado às pressas numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital também instalado em Recife. No entanto, o músico se restabeleceu, voltou para casa há cerca de um mês, comemorou aniversário dia 18 e, na manhã seguinte, passou por esse triste procedimento médico.

Pinto do Acordeon, cujo nome real é Francisco Ferreira Lima, nasceu no município de Conceição, no Vale do Piancó, e tornou-se popular a partir de apresentações que realizava junto a trupe de Luiz Gonzaga, o “Rei do Baião”. O cantor e compositor gravou cerca de 20 álbuns durante a carreira.


Portal do Litoral
Fechar [x]