E AGORA? Juiz anula eleição da câmara de vereadores de Piancó

Juiz anula eleição da câmara de vereadores de PiancóO juiz de plantão José Milton Sobrinho da comarca de Teixeira, anulou a eleição realizada na Câmara de vereadores da cidade de Piancó, realizada quinta-feira (1º), na qual o presidente declarado eleito foi o vereador Guilherme Montenegro que disputava o cargo contra o vereador Pedro Aureliano.

Na decisão, o juiz determinou a realização de nova eleição no prazo de 48 horas. Ainda, abstenção de registro de qualquer ata e a entrega em Juízo desta e demais documentos. Ao deferir a liminar, o juiz anota que devem concorrer na nova eleição as mesmas chapas registradas na primeira disputa e que a Polícia Militar se faça presente do início ao fim para garantir a ordem e integridade física dos presentes.


A Ação Ordinária de Nulidade de Eleição de Câmara Municipal se deu devido a confusão registrada no processo eleitoral do dia 1º último. Durante a apuração dos votos foram identificados pelo presidente da eleição, José Bráulio Júnior - irmão do vereador Guilherme -, que dois votos (coincidentemente para o candidato Pedro), estavam anulados diante de Identificação. 

Neste sábado (3), o Oficial de Justiça da Comarca de Teixeira, o senhor Carlos Antonio Leite de Almeida, se encontrava na cidade de Piancó a mando do Juiz Plantonista, para que fosse concedido a antecipação dos efeitos da tutela jurisdicional através de Medida Liminar. Nenhum parlamentar que fazia parte da chapa encabeçada pelo vereador Guilherme foi encontrado.

Por decisão do Juiz Dr. José Milton, assumiu a presidência da câmara interinamente a vereadora Christiane Remígio Almeida. Segundo informações, não foi encontrado qualquer documento sobre a conturbada eleição.

Os advogados João Batista Leonardo e Yurick de Azevedo Lacerda, acompanham a posse da vereadora Christiane Remígio. A partir da próxima segunda-feira novos preparativos deverão ser realizados para uma nova eleição. 


Vale News PB
Fonte: RP 

Fechar [x]