Oposição volta a ser maioria na Câmara de Piancó e prefeito tem primeira derrota

A oposição voltou a ser maioria na Câmara de Piancó. Uma rebelião na base do prefeito possibilitou essa reviravolta política. Isso ficou evidenciado na sessão da última sexta-feira, quando o prefeito sofreu sua primeira derrota nos últimos oito meses.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), proposta pela Prefeitura, foi derrotada por seis votos a cinco, o que compromete, inclusive, o orçamento municipal para o próximo ano que é elaborado com base na LDO e deve complicar a gestão em 2015. Além disso, os vereadores aprovaram a convocação do chefe do setor de licitação para responder a denúncias de irregularidades e o prefeito também foi convocado.

O problema político do prefeito na Câmara é grave. Enquanto Antônio de Pádua refez as pazes com o prefeito Sales Lima, outros vereadores continuam rebelados: Guilherme Motenegro e Dr. Rato, além de Neném de Fandinga, que assumiu no lugar de Pedro Aureliano e também está na oposição.

A maioria dos vereadores também não está acompanhando politicamente o prefeito. Sete parlamentares mirins estão votando em Cássio Cunha Lima, que é apoiado pela ex-prefeita Flávia Galdino.

folhadovali.com.br

Fechar [x]