Familiares e vizinhos dão detalhes da tragédia acontecida nesta segunda-feira, em Diamante


Uma tragédia deixou duas famílias em estado de choque desde a tarde desta segunda-feira (14), na cidade de Diamante.

O comerciante Adaílton Hermano de 55 anos assassinou a própria esposa a tiros, e depois se suicidou, possivelmente inconformado com a sua separação.

 
(Vizinho disse ter escutado os disparos mas não pôde fazer nada)

O crime aconteceu por volta das 14 horas desta segunda-feira, dentro a casa dos pais do comerciante.


Familiares que presenciaram o momento do crime detalharam que Adaílton chegou eufórico com uma arma em punho e em seguida já foi efetuando dois disparos conta Francisca Campos Hermano de 51 anos, com quem viveu por mais de 30 anos.

O casal estava separado há mais de oito meses, e ambos estavam morando em casas distintas. Uma sobrinha do comerciante revelou que seu tio nunca comentou algo sobre o fim do seu casamento, ela contou ainda disse que sua mãe presenciou o momento exato do crime e saiu gritando pela vizinhança pedindo socorro.  

O casal deixou três filhos maiores e um menor de idade. Após o crime, a Polícia isolou o local e uma equipe do Gemol fez a remoção dos corpos que foram levados para o IML as cidade de Patos.

Os corpos chegaram na manhã desta terça-feira (15) na cidade de Diamante. O velório está acontecendo na casa da filha mais velha, na Rua Posidônio José da Costa, no centro da cidade. O sepultamento está marcado para acontecer às 17h desta terça-feira. O clima na casa dos familiares é de grande comoção.

Veja também:
Tragédia em Diamante: Comerciante supostamente insatisfeito com fim do casamento mata a mulher a tiros e depois se suicida. Confira!


Fonte: DiamanteOnline
Fechar [x]