DEBANDOU: Diretora do hospital de Itaporanga já comunicou sua decisão de deixar o cargo

A diretora do hospital de Itaporanga, Wilka Rodrigues, já comunicou à Secretaria de Saúde do Estado sua decisão de deixar o cargo, e a exoneração poderá sair até o final do mês.

Mas, enquanto o Diário Oficial do Estado não publicar a exoneração e o substituto, que deverá ser indicado pelo prefeito Audiberg, não for nomeado, ela permanece no comando do hospital. “Sou uma profissional, uma técnica e tenho que agir com responsabilidade e jamais deixaria o hospital antes da nomeação de um novo diretor”, comentou Wilka, ao dizer que sai de cabeça erguida e com a consciência da missão cumprida.


A saída de Wilka, conforme ela própria, foi motivada pela decisão do seu pai, o ex-prefeito Will Rodrigues, de romper com o governo e apoiar a pré-candidatura de Cássio ao governo estadual. “Tenho muito respeito por meu pai, e não poderia contrariá-lo, mas reconheço também o apoio que recebi deste governo e todas as condições que me deu para realizar meu trabalho”, comentou ela, que dirige o hospital desde 2011. 


folhadovali.com.br
Fechar [x]