Em 1 ano e 3 meses de governo, prefeito de Santana dos Garrotes já foi alvo de 17 denúncias no MP

O prefeito de Santana dos Garrotes, Élio Ribeiro, do PT, já é um dos gestores mais denunciados da região, embora esteja somente há um ano e três meses no poder. Conforme vereadores oposicionistas, 17 denúncias já foram protocoladas no Ministério Público Federal e Estadual contra o prefeito e estão sendo apuradas.

Entre as várias denúncias de irregularidades na administração municipal, estão queixas com relação a processo licitatório para aquisição de produtos e locação de veículos. Além disso, a oposição critica o governo municipal por falhas em diversos setores administrativos.


Uma das queixas está relacionada à ausência do gestor do município. Conforme o vereador Neto Pinto, o prefeito aparece apenas duas vezes por mês na cidade e a gestão é entregue a familiares dele. “O município está abandonado”, disse o parlamentar mirim, cuja uma das preocupações é com a folha de pagamento, que, segundo ele, já ultrapassou o limite legal de gasto permitido, que é de 54% da receita total da Prefeitura.

A tendência, segundo Neto, é que esse problema se agrave em razão do aumento concedido pelo prefeito aos servidores comissionados, ou seja, aqueles que ocupam cargos de confiança na gestão e que tiveram um reajuste de 100%, o que elevou seus salários para R$ 1.500,00, podendo aumentar ainda mais pelo teto que foi estabelecido, conforme projeto de lei aprovado pela Câmara, onde o prefeito ainda tem maioria. 


www.folhadovali.com.br
Fechar [x]