Vaca brava ataca mulher em área rural de Itaporanga e a deixa ferida

A jovem W. M. T. de S., de 21 anos, seguia em uma motocicleta junto com uma irmã na manhã dessa segunda-feira, 14, na estrada do sítio Pitombeira, município de Itaporanga, quando encontrou um rebanho bovino que era tangido por dois homens.

Ao passar pelo rebanho, uma vaca de bezerro novo partiu para cima das mulheres, que entraram em desespero e deixaram a motocicleta. Perseguida pelo animal, a mulher sofreu um ferimeno na canela e várias escoriações pelo corpo, principalmente quando subiu em uma cerca para tentar se livrar das chifradas. A irmã dela não ficou ferida. 


A jovem, que reside na Rua Manoel Caiana, em Itaporanga, e iria trabalhar na zona rural, precisou retornar à cidade para ser medicada: com as mãos raladas e um ferimento profundo na perna, ela passou pelo hospital onde fez um curativo e foi liberada.

Na manhã desta terça-feira, ainda com dificuldade para andar, ela procurou a delegacia de Itaporanga para representar contra os dois homens que tangiam o gado. Segundo a mulher, eles não a alertaram sobre a vaca e também não a socorreram, e um deles, segundo a vítima, ainda ficou rindo, o que revoltou ainda mais a jovem, que está sem poder trabalhar nem tem condições de comprar os remédios prescritos pelo médico.


folhadovali.cm.br
Fechar [x]