Em Itaporanga, agricultor tem garrotes roubados de curral

Folha do Vali

O agricultor Francisco de Assis Soares, conhecido como Apil, de 42 anos, proprietário de um pedaço de terra no sítio Belo Horizonte, município de Itaporanga, vendeu uma casa e parte do dinheiro investiu na compra de seis garrotes. Durante o período da estiagem, precisou carregar água em galão para dar de beber aos animais e comprar ração cara para alimentar o rebanho.

Todo o sacrífico, no entanto, foi em vão. O proprietário estava muito animado com a chegada das chuvas e o desenvolvimento dos animais, mas, na madrugada do último dia 2, perdeu tudo: ao chegar em sua propriedade, descobriu que havia sido furtado.
                
Segundo informações de testemunhas, homens em uma caminhonete branca encostaram o carro no local e furtaram todos os seis garrotes, que são da raça holandesa. A vítima registrou uma queixa na delegacia de Itaporanga, mas sem muita esperança de ter o furto desvendado. Ele disse que não tem suspeito. Nos últimos dez anos, ocorrem furtos de animais toda semana nas áreas rurais do Vale.



Fechar[x]