Estudante assassinado em quadra de vôlei em JP família são naturais de Nova Olinda; ao ser baleado, jovem gritava: “você pegou a pessoa errada”

O operador de caixa Alexsandro Alves Silva, 18 anos, foi assassinado com nove tiros de pistola enquanto assistia uma partida de vôlei no bairro do Geisel, em João Pessoa. A vítima era estudante e estava no primeiro emprego. A Polícia Civil não descarta que ele tenha sido confundido com o alvo dos criminosos. A família do jovem é natural da cidade de Nova Olinda, no Vale do Piancó.
Segundo Paulo Josafá, delegado de Homicídios de João Pessoa, o jovem estava com amigos na praça do bairro quando percebeu que uma motocicleta Broz vermelha estava passando pelo local e observando o movimento.
“Os amigos da vítima disseram que a moto circulou a praça por três vezes, na quarta, os criminosos pararam e o garupa se aproximou de Alexsandro, sacou uma pistola e atirou várias vezes contra ele”, explicou o delegado.
Testemunhas relataram ao delegado que durante os tiros, a arma chegou a falhar, mas o criminoso deu coronhadas na vítima que gritava: “Não sou eu não. Você está pegando a pessoa errada”. Mesmo assim, o suspeito continuou a atirar contra Alexsandro que morreu depois ter sido atingido com nove tiros, segundo comentou o delegado.
Após o crime, a dupla fugiu sem deixar pistas. O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de João Pessoa
PBhoje
Fechar[x]