Aesa apresenta situação do rio Piancó-Piranhas em seminário nacional no Dia Mundial da Água

A situação do rio Piancó-Piranhas-Açu vai ser debatida nesta terça-feira (22), Dia Mundial da Água, em Brasília. O curso da água que nasce na Serra de Piancó, na Paraíba, e desemboca em Macau, no Rio Grande do Norte, será apresentado pela diretoria da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) durante o Seminário sobre a crise hídrica e a segurança de barragens no Brasil.

O evento será realizado na sede da Agência Nacional de Águas (ANA) e tem como objetivo avaliar as dificuldades enfrentadas na gestão de recursos hídricos no Brasil decorrente, especialmente, da crise hídrica nas bacias do Nordeste e do Sudeste. A apresentação da Paraíba vai mostrar como o sistema de reservatórios Coremas-Mãe D’Água, com capacidade para mais de um bilhão de metros cúbicos, garante o abastecimento urbano e rural, pereniza o rio Piancó e trecho do rio Piranhas até a montante da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no Rio Grande do Norte.


“Trabalhamos para garantir a segurança hídrica dos paraibanos que moram naquela região e ao mesmo tempo garantir que uma vazão adequada chegue ao Rio Grande do Norte. Não é uma conta fácil de fechar, já que o açude de Mãe D’Água tem 13,3% e Coremas está com apenas 8,9% da capacidade. Também atuamos em parceria com vários órgãos para fazer uma fiscalização intensa nos rios e evitar o uso indevido da água”, informou o diretor-presidente da Aesa, João Fernandes da Silva.

Técnicos da Aesa também participarão da Semana de Mobilização em Defesa da Água, que será aberta nesta terça-feira (22), às 8h, no Instituto Federal da Paraíba (IFPB), em João Pessoa. A programação conta com o lançamento do programa de Responsabilidade Social da Cagepa; a apresentação “Água da Paraíba” feita pelo secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo;  além de palestras sobre os programas Água Doce, Água para Todos e Saneamento Ambiental. Na quarta-feira (23) acontecerão exposições no Teatro de Arena do Espaço Cultural José Lins do Rego com estandes de vários órgãos do Governo do Estado.

Radar Sertanejo
Fechar [x]