Consórcio de Saúde de Piancó realiza o dia ‘D’ do Novembro Azul

009Com palestras, orientações, informações, consultas e exames; o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Vale do Piancó-PB realizou durante toda manhã de desta quarta-feira (25) o dia ‘D’ do Novembro Azul. 
De acordo com as informações do Secretário Executivo do Consórcio Pedro Alves, o evento mobilizou boa parte dos funcionários que se empenharam para que tudo transcorresse dentro da normalidade e para que um significado numero de homens tivessem acesso a todo conteúdo oferecido, principalmente no que se referia a conscientização e incentivo à prevenção contra o câncer de próstata através do exame.

O prefeito Sales Lima esteve presente ao evento, onde na oportunidade cumprimentou amigos e incentivou os companheiros  a fazerem os exames e disse: “Estou confiante e menos preocupado; esse evento realizado com destaque  no dia de hoje, nos dá à certeza que, mais homens estão se conscientizando, se cuidando e procurando o urologista”.
Segundo informou o médico urologista Dr. Alexandre Silva pessoas com casos de câncer de próstata na família, obesas, e negras têm mais risco de desenvolver a doença.
A próstata é uma glândula presente nos homens, localizada abaixo da bexiga e à frente do reto. O câncer pode ser descoberto inicialmente no exame clínico, um toque retal, exame que enfrenta a resistência de muitos homens, combinado com o resultado de um exame no sangue. Se detectado o tumor, só a biópsia é capaz de confirmar a presença de um câncer. Segundo a SBU, quando descoberto no início, 90% dos casos de câncer de próstata são curáveis.
Segundo o Inca, no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás do câncer de pele.
Na fase inicial, o câncer da próstata não costuma apresentar sintomas. Quando surgem são parecidos com os do crescimento benigno da próstata: dificuldade de urinar e necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou a noite. Na fase avançada, a doença pode provocar dor nos ossos, problemas para urinar e, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.
O tratamento vai depender do estágio da doença, e pode ser feito com cirurgia, radioterapia, tratamento hormonal e algumas vezes apenas observação médica.
Obs. Quase (80) oitenta consultas foram marcadas no dia de hoje no CONSÓRCIO, com o médico urologista Dr. Alexandre Silva, compreendida entre os municípios consorciados.
piancoinfoco.com
Fechar [x]