Homem é executado por pistoleiros a poucos metros de casa nesta segunda, em Itaporanga

O negociante José Ângelo de Araújo Irmão, conhecido como Pretinho, de 41 anos, foi morto a tiros no começo da manhã desta segunda-feira, 19. 

O crime foi no bairro Bela Vista, especificamente na Rua Major Serafim, a cerca de 150 metros da casa da vítima, que mora na Severino Diniz.
                 
Segundo informações iniciais, ele tinha ido comprar pães e retornava para casa em sua moto, quando foi perseguido por uma dupla em uma motocicleta. 


O homem que estava na garupa do veículo disparou várias vezes contra a vítima, que teve morte imediata. 

A polícia acredita na ação de pistoleiros a mando de alguém sedento por vingança. José Ângelo era casado e deixa uma criança do último casamento e mais três filhos do primeiro matrimônio. Ele era natural de Pedra Branca, mas residia em Itaporanga há muito tempo.
                 
Recentemente, segundo a polícia, ele chegou a prestar depoimento no inquérito que apura a morte de um rapaz de Manaíra em uma área rural de Pedra Branca e também foi investigado no caso da morte de um mototaxista anos atrás, mas nada foi provado contra José Ângelo.
                 
Conforme ainda a polícia, Pretinho foi vítima de um atentado à bala tempos atrás no conjunto Chagas Soares, em Itaporanga, mas sobreviveu, o que não foi possível desta vez, quando o crime parece ter sido bem planejado, e, até agora, não há pistas dos criminosos. O corpo será encaminhado para exame cadavérico em Patos. Já são 35 homicídios no Vale este ano, grande parte deles em Itaporanga.

www.folhadovali.com.br
Fechar [x]