Depois de 4 dias morta dentro de casa, mulher de 43 anos é encontrada em cidade do Vale do Piancó

O mau cheiro proveniente de um casebre em um beco da Rua Antônio Virgolino, nas proximidades do terminal rodoviário de Itaporanga, chamou a atenção de vizinhos no começo da tarde desta segunda-feira, 19, que acionaram a polícia.

                
Como a moradora da casa não era vista desde a última sexta-feira, 16, os vizinhos desconfiaram que o pior havia acontecido, o que foi confirmado depois que os policiais militares conseguiram entrar na residência. Sobre uma cama em elevado estado de decomposição estava o corpo da dona de casa Ivonete Maria da Silva, de 43 anos, que residia sozinha no local. É provável que ela estivesse morta há pelos menos quatro dias, de acordo com entendimento preliminar da polícia.
                
Segundo informações de parentes, ela tinha problemas de ordem emocional e frequentava o Caps, mas costumava fazer uso de álcool. A perícia não encontrou nenhum indício de violência contra a mulher e tudo indica que ela faleceu enquanto dormia por problema cardíaco, mas seu corpo foi encaminhado para exame cadavérico em Campina Grande, em função da elevada decomposição, onde será confirmada a causa da morte.
                
Conforme ainda informações, a mulher era separada e bastante humilde, vivia na casa de aluguel e deixa dois filhos, um é casado e mora na cidade, enquanto o outro reside em Campina Grande. O sepultamento deverá ocorrer nesta terça-feira, 20.

www.folhadovali.com.br
Imagem Ilustrativa
Fechar [x]