Audiência Pública discutiu retirada de água por carros-pipa do Açude da cidade de Tavares

Comissão do "Povo" é formada

Na manhã desta quarta-feira (21/10), aconteceu no auditório do Poder Legislativo da cidade de Tavares, no Sertão da Paraíba, uma Audiência Pública, com a participação de autoridades e da população, para discutir a retirada excessiva de água por carros-pipa do Açude Tavares II, Cachoeira Lisa, para o abastecimento de outros municípios, inclusive do Estado de Pernambuco.
A iniciativa para a realização do evento partiu do vereador, Antônio Cândido, devido a presença de centenas de “pipeiros clandestinos”. Durante o uso da palavra, o parlamentar disse que a intenção não é proibir a retirada do líquido precioso, mas sim, regulamentar para que no futuro Tavares não seja prejudicada, caso não chova.

"Com uma capacidade máxima para 9.000.000 m3, no início do ano o açude tinha 80% do seu volume. Na sexta-feira (16/10) ele foi monitorado pela AESA, onde está atualmente com 6.608.298 m3, o que equivale a 73,4% do seu volume. Graças a Deus, a situação é bastante confortável, lógico. Mas de onde se tira por dia 3 bilhões de litros de água, não se brinca”, alertou o parlamentar, que ainda leu um relatório com dados do consumo mensal dos tavarenses, fazendo uma comparação à saída de água através de carros-pipa.
“O consumo de Tavares mensal varia de 47 a 54 bilhões de litros. Enquanto isso, se a gente somar os pipas que saem daqui todos os dias, que são mais de 150 carros, o consumo é maior do que o de Tavares”, frisou, Antônio Cândido.
A audiência ainda contou com a presença do prefeito, Aílton Suassuna e do secretário de agricultura e coordenador da operação carro-pipa do Exército no município, Luiz Pereira, conhecido por Poeta.

O coordenador informou à quantidade de carros-pipa que estão retirando água do manancial, por meio da operação. “Da nossa cidade, hoje a gente tem um total de 6 pipas, sendo 4 da operação e mais 2 da prefeitura. Da cidade de Teixeira, 19. De Maturéia 5. Desterros 5. Cacimbas 14. Juru 2. Princesa Isabel tem 10 pipas credenciados, mas fizemos um acordo com o prefeito Dominguinhos para que apenas 5 carros retirassem água do Cachoeira Lisa”, disse Poeta, relatando que também os municípios de Quixaba, Ingazeira e Iguaracy, no Sertão de Pernambuco, recebem os líquido precioso. “Para o abastecimento dessas cidades são mais 22 carros”.
O prefeito do município, Aílton Suassuna, também se pronunciou e disse que desde início da Operação do Exército à prefeitura vem monitorando a capacidade do açude. O gestor destacou que baixou um decreto para regulamentar a retirada de água do água do Cachoeira Lisa. Com relação aos pipas clandestinos, o chefe do executivo disse que o Governo Municipal fez uma reunião com os proprietários da terra (privada) e das bombas. “Na ocasião, pedimos a colaboração no sentido que fosse cumprido o decreto, que não abastecessem carros que não fossem autorizados pela prefeitura. A princípio, cumpriram, mas depois percebemos que voltou tudo novamente. Então, fizemos uma notificação ameaçando entrar com uma queixa-crime, caso persistisse”, gravou o governante tavarense, dizendo que recentemente recebeu uma visita da equipe da AESA que informou que havia denúncias de que à prefeitura estava proibindo o acesso da água para consumo humano.
“Simplesmente, a AESA disse que o manancial era controlado pelo órgão e que todos os caminhões que tivessem a outorga da AESA poderia tirar água do açude”, disse o prefeito, acrescentando “a nossa meta é acabar com o transporte clandestino”.
Ainda na audiência, foi formada a Comissão do “Povo” para acompanhar os trabalhos da Comissão Municipal das Águas, que tem como presidente o secretário de cultura, Pablo Dantas, que participou do evento ao lado dos vereadores Édson Cordeiro (presidente), Adailton Dantas e Benício Henrique.
A Comissão do Povo tem como coordenador, Manoel Manoel (Neca) e Marta Alves, secretária; além dos membros Dr. Tenório Nóbrega, Pastor Roberio Souza, Vereador Antônio Cândido e a Comunicadora, Rosa Marques. Na próxima semana, as comissões irão se reunir para tratar de assuntos relacionados à 2ª Audiência Pública, que acontecerá no dia 05 de novembro.

www.blogdoaryelaquino.com.br
Fechar [x]