Prefeitos se reúnem para tratar sobre a crise financeira no Vale do Piancó e estudam cortes de gastos para evitar demissões

Aconteceu na manhã desta segunda-feira (21), na Sede da Associação dos Municípios do Vale do Piancó (AMVAP), em Itaporanga (PB), uma reunião cuja pauta foi à crise financeira, esta já sinalizada pelo Governo Federal.

Estiveram reunidos os prefeitos das cidades de Conceição, Boa Ventura, Itaporanga, Nova Olinda, Santana dos Garrotes e Aguiar, todos com o mesmo objetivo, centrar alternativas para driblar a crise que afeta os municípios.

(Reunião de prefeitos)

Para o Prefeito Manoel Batista Guedes Filho, Tintin do Aguiar (Presidente da AMVAP), foi debatido a redução de vários gastos a exemplo de combustível pela metade e viagens de veículos para outros centros. “Vamos propor aos nossos fornecedores que eles possam parcelar as contas dívidas das prefeituras, sabemos que esta crise chegou agora, porém pode ser periódica, assim, junto de outras alternativas, vamos procurar driblar este período sem ter que demitir nossos funcionários”, pontuou.

Durante a reunião, o Prefeito Nilson Lacerda disse que o município de Conceição está bem equilibrado, porém não sabe o que acontecerá daqui pra frente, pois os repasses estão a cada dia ficando menores. “A Presidente já sinalizou esta crise, devemos nos alertar para tal, antes que seja tarde”, comentou.

A Prefeita Leonice Lopes falou que em Boa Ventura ela já vem reduzindo os gastos e que pretende tratar com a população sobre estas reduções, para que tudo seja levado em conta a transparência pública.

Já o Prefeito Audiberg Alves, elencou que o município de Itaporanga que comporta a maior população habitacional do Vale do Piancó, também vem enfrentando grandes dificuldades, e terá que tomar medidas emergenciais para que o município não deixe de prestar seus serviços essenciais com qualidade.

Outros representantes de municípios estiveram presentes, a exemplo do ex-prefeito Antônio Bastos de Pedra Branca.

Ficou certo que os prefeitos vão começar a suspender as atividades das maquinas do PAC-2 com exceção das que prestam serviços para o fornecimento d’água, redução de gratificações, redução de compras em 30%, além da redução de 50% do combustível que é gasto mensalmente.

DiamanteOnline   
Fechar [x]