Com dois suicídios registrados em poucos minutos na cidade de Curral Velho (PB), um alerta deve ser feito aos órgãos que cuidam da saúde no Vale do Piancó

Dois casos de suicídios foram registrados em poucos minutos na cidade de Curral Velho (PB). No início da tarde deste domingo (16), o agricultor, Divino Lacerda de 39 anos, tirou a própria vida por meio de enforcamento no sítio Riacho Grande, que fica cerca de 500 metros distantes da zona urbana.

Divino possivelmente estava transtornado com a perca de sua mãe há menos de oito dias. Populares informaram que a sua esposa também havia ficado desempregada recentemente. Ele era morador da Rua Manoel Batista Sobrinho, no centro da cidade.

(Casos preocupam a população) 

Poucos minutos depois, outro suicídio foi registrado, desta vez na Rua Sebastião Alvino, também no centro de Curral Velho. A vítima foi o aposentado, Francisco de Assis Domingos, de 69 anos.
Segundo as informações do Destacamento Policial que deu total assistência aos casos, Assis tirou a própria vida em um quanto da sua residência, também utilizando uma corda. No momento que cometeu o suicídio, ele estava sozinho. O aposentado era irmão do comerciante e vereador Tião Domingos e e do chefe da agência Local dos Correios, Paulo Domingos.

Ambos os locais foram isolados e resguardados pela Polícia Militar até a chegada do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Patos.

Casos de suicídios tem crescido desenfreadamente no Vale do Piancó

De acordo com o posicionamento de um psicólogo consultado pelo Portal DiamanteOnline, o caso deste domingo não trata-se apenas de uma coincidência. O estado de “extrema dor”, como é tratado o suicídio, tem atingido muitas pessoas em todo o Vale Do Piancó, e 2015 pode ter sido recorde.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a tendência é de crescimento dessas mortes. Em 20 anos o suicídio cresceu 30% na população brasileira entre 15 e 29 anos, porém no Vale do Piancó a maioria ainda são pessoas com idade entre os 40 e 60 anos.

Para o psicólogo, os motivos que levam ao extremo de tirar a própria vida são muito particulares. “A depressão está sim, envolvida em uma quantidade significativa de casos, mas não é a única causa. A forma como a pessoa se relaciona no ambiente profissional e pessoal são indícios de que algo errado pode estar acontecendo”.

O que se espera é que os órgãos que cuidam da saúde pública no Vale do Piancó, possam tomar as providencias com este tipo de caso, buscando reduzir estes índices.

DiamanteOnline
Fechar [x]