Inspirada em colega de Cajazeiras, sapateira de Itaporanga assina filiação ao Psol

A militância política do sapateiro cajazeirense Antônio Gobira, que tirou quase 50 mil votos para deputado federal no último pleito, está inspirando outras pessoas humildes a também entrar na vida político-partidária. 

É crescente a ideologia de que ninguém melhor do que o próprio cidadão comum para representar a população, constituída em sua grande maioria de pessoas pobres e sofridas, e que, cada vez mais, estão decepcionadas com os políticos tradicionais.
                

Na manhã dessa sexta-feira, 19, a sapateira Edleuza Salviana de Santana, conhecida como Naninha, assinou ficha de filiação ao Psol. Ela já era colega de profissão e agora tornou-se também companheira de partido de Gobira, que recentemente esteve em Itaporanga para acompanhar o nascimento da legenda na cidade.
               
Na casa de dona Naninha todo mundo trabalha no ramo da sapataria: esposo e filhos. A família tem uma banca de consertar sapatos na Avenida Getúlio Vargas há anos e de onde tira a maior parte do seu sustento.
               
Com o aval do marido, Cícero Sapateiro, e dos filhos e netos, Naninha está entusiasmada com seu ingresso na política e planeja disputar uma vaga na Câmara Municipal na eleição do próximo ano. “Até o hoje, o povo vota nesses políticos ricos e o que eles fazem é virar as cotas para a gente depois da eleição, porque eles não sabem o que é sofrimento nem conhecem as necessidades dos pobres”, lamentou a mais nova filiada do partido em Itaporanga, onde o Psol deverá lançar candidatura própria a prefeito e a vereador.
               
Ela reside na Rua Marta Batista de Moura e tem uma família numerosa, assim também como é grande o número de amigos. "O que falta agora é somente a gente organizar um almoço aqui para Gobira e nosso colegas de partido para a gente comemorar", disse em tom de riso.

www.folhadovali.com.br
Fechar [x]