EXCLUSIVO: Vice-prefeito de Nova Olinda-PB rompe com prefeita Ducarmo e já se articula com a oposição

O atual vice-prefeito de Nova Olinda, jornalista Idácio Souto (PMDB) em contato com o jornalista Ary Ramalho – editor do Blog – www.ARYRAMALHO.com, na tarde desta quarta-feira (11), anunciou o seu rompimento político com o grupo da prefeita Maria Ducarmo (PSDB).

A decisão foi tomada tendo em vista o não cumprimento dos compromissos assumidos por Ducarmo com ele. Em uma reunião nesta terça-feira (10), com a Prefeita, em João Pessoa-PB, para tratar sobre seu compromisso em apoiá-lo para prefeito de Nova Olinda no pleito de 2016, Idácio surpreendeu-se com o fato da prefeita não confirmar o apoio e tão pouco evitar a divulgação do nome de Diogo Richelle (seu filho adotivo) como pré-candidato a prefeito no próximo ano.


Na conversa, Idácio disse para a prefeita que, conforme combinado, estava visitando as pessoas e as famílias de Nova Olinda, comunicando que era o candidato da coligação, ou seja com o seu apoio assegurado em público desde de 2008.  Idácio cumpriu todos os acordos, alguns até prejudicando alguns correligionários seus, que não tiveram a oportunidade de colaborar com a administração municipal, mas de imediato, foi quando a prefeita se pronunciou: “Não é assim não”, na conversa, Idácio pediu para Ducarmo que interferisse para retirada do nome de Diogo para disputar a Prefeitura. “Então esta descumprindo o acordo que fizemos: assim não dá mais certo”, rebateu Idácio. Ainda segundo ele, esse compromisso era para ter sido em 2012, pelo que foi firmado em 2008. Mas, sem condições de disputar na cabeça de chapa, devido ao acidente que culminou com a  morte da esposa,  preferiu continua disputando o cargo de vice-prefeito.

Em 2008, Ducarmo e Idácio foram candidatos, e não foram eleitos, mas com a cassação da então prefeita, Daguia Galdino, filha do ex-prefeito João Raimundo, teve uma eleição suplementar em 2009, sendo eleitos, prefeita e vice-prefeito, respectivamente.

 Idácio disse que a prefeita quer impor o nome de Diogo, e alfineta dizendo que, isso já aconteceu em Nova Olinda com um prefeito que queria um nome sem a população aceitar, e deu no que deu, ele se refere ao ex-prefeito Zé Alves, que indicou seu sobrinho, Adrian.

O vice prefeito Idácio Souto já se articula com o grupo das oposições, e vai continuar com a disposição de disputar a Prefeitura de Nova Olinda, em 2016.

www.ARYRAMALHO.com
Foto: Internet
Fechar [x]