Golpistas clonam dados de clientes do Banco do Brasil e efetuam saques e empréstimos, em Conceição

Estelionatários estão atuando no setor dos Caixas Eletrônicos da Agência do Banco do Brasil na cidade de Conceição, no Vale do Piancó paraibano.

De acordo com as denúncias, eles usam da boa fé dos clientes, sobretudo dos aposentados, e clonam seus dados, para posteriormente efetuarem, saques e empréstimos em seus nomes.

O golpe tem se intensificado no período de pagamento de aposentados e funcionários públicos.

De acordo com funcionários da agência, somente nas últimas semanas, foram aplicados mais de 25 golpes. Ao perceberem o prejuízo nas contas, os clientes procuram a gerência para denunciarem o caso e tentarem a restituição dos seus dinheiros. No entanto, para que o processo seja iniciado, eles têm que registrar um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil, o que é uma norma do próprio banco.

O grupo age, geralmente, em três. Enquanto um entra na fila e observa todos os movimentos dentro da agência, os outros dois “envolvem” as vítimas e se utilizam dos seus dados, trocando em seguida, seus cartões.

Ainda de acordo com funcionários da agência, toda a prática de golpes do grupo já foi identificada e tudo estar registrado em imagens internas. Segundo os funcionários, o caso já foi também comunicado ao Ministério Público que poderá pedir as imagens do interior dos caixas, para que o grupo seja identificado.

Modus operandi
 
Os golpistas geralmente oferecem ajudas e se utilizam da boa fé de alguns clientes, que os pedem para que eles façam seus saques, entregando a eles seus cartões e senhas. Neste momento eles clonam seus dados e trocam seus cartões por outros já utilizados em outros golpes. De posse dos cartões e senhas, o grupo faz saques e empréstimos nos nomes das vítimas, que só percebem que foram enganadas dias depois.

Alerta
 
A gerência da agência pede aos correntistas que não entreguem seus cartões e dados para pessoas estranhas. Caso exista alguma dúvida, no momento dos saques, procurem funcionários da agência e peçam orientação de como proceder.


Vale do Piancó Notícias
Fechar [x]