Cerco policial a residência de acusado de disparo em bar de Piancó dura 2 horas

O piancoense Francieudo Ferreira de Sousa, de 38 anos, é acusado de disparar dois tiros de revólver calibre 38 no bar de João de Zeinha, que fica no bairro Santo Antônio, onde o acusado também reside, no começo da noite dessa segunda-feira, 8.

Segundo a Polícia Militar de Piancó, depois dos disparos, o homem correu para sua residência, que foi cercada por policiais. O cerco policial demorou duas horas até a chegada do advogado do acusado, que, finalmente, resolveu se entregar, mas o revólver não apareceu.


Depois de preso, ele foi encaminhado à delegacia, e deverá ser autuado em flagrante na manhã desta terça-feira. A informação policial é que ele já tem passagem pela polícia. "Toda vez que bebe, ele fica desequilibrado", comentou um policial que participou da ocorrência. 


folhadovali.com.br
Fechar [x]