Os políticos do Vale que romperam com o partido do governador para ficar com Cássio

Faltando menos de sessenta dias para a eleição, depois de ocupar o governo por três anos e sete meses, a ex-prefeita de Piancó, Flávia Galdino, que é do partido do governador Coutinho, o PSB, rompeu com sua própria legenda e com o governo e anunciou apoio à candidatura de Cássio Cunha Lima (PSDB), que também é apoiado no município pelo atual vice-prefeito Edvaldo Caldas.

Astuciosa politicamente, a ex-prefeita esperou o resultado do julgamento de Cássio no TRE (Tribunal Regional Eleitoral), que foi favorável ao candidato, e aproveitou alguns meses a mais de governo para, finalmente, anunciar seu rompimento com Ricardo Coutinho, que é candidato à reeleição, e correr aos braços de Cunha Lima.


Antes dela outros políticos filiados ao partido governista também romperam com Coutinho, como foi o caso do prefeito de Serra Grande, Jairo Halley; do ex-prefeito de Santana de Mangueira, Aldecir Mangueira; e do líder político de Santa Inês, Algacy Fernandes, que, inclusive, presidia o partido no município, mas rompeu com Ricardo depois que ele se aliou ao atual prefeito, João Nildo, adversário político de Algacy.

Confiantes em uma vitória cassista no pleito de outubro próximo, esses políticos, alguns dos quais, como a ex-prefeita Flávia, que já usufruíram do atual governo, querem continuar no poder estadual a partir de janeiro.


folhadovali.com.br
Fechar [x]