Polícia não tem pistas de quem matou homem em Emas. VEJA FOTOS

O assassinato de um homem ocorrido no final da tarde desta quinta-feira (10) na zona rural do município de Emas ainda é o um mistério para a polícia militar.

O agricultor Paulo Cabral de Oliveira de 43 anos de idade, conhecido popularmente como “Paulo de Zuzinha” foi assassinado durante uma emboscada por volta das 17hs.

Segundo informações, ele seguia de moto pela estrada de terra do Sítio Jardim com destino a cidade de Emas quando foi atingindo por um disparo de arma de fogo, possivelmente de espingarda calibre 12.



O primeiro disparo atingiu a tanque moto enquanto que o segundo o rosto da vítima que morreu na hora. O autor dos disparos fugiu do local sem deixar pistas. O crime, até o momento, é considerado um mistério pela polícia militar.

A polícia civil foi chamada e esteve no local realizando a perícia técnica. Já o corpo da vítima, foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) da cidade de Patos para exame cadavérico.

Paulo era irmão do negociante Adriano Paulo de Medeiros, conhecido por “Kaike”, suspeito de ter matado a esposa evangélica no último dia 24 de junho em Emas.

Na ocasião, o assassinato da dona de casa Elaine Cristina Batista de Sousa chocou a cidade e ganhou grande repercussão em todo estado. Até hoje, o suspeito do crime (“Kaike”) encontra-se foragido.

Outro crime.

No mês de julho do ano passado, a polícia militar já tinha registrado um assassinato de outro membro da mesma família.

Na época, Zé de Zuzinha, como era mais conhecida a vítima, foi assassinada em plena luz do dia com aproximadamente três disparos de arma de fogo após o fim de uma festa. Até hoje, a autoria do crime é desconhecida.



FOTOS


Fonte: CATINGUEIRAONLINE

Fechar [x]