Vereador mostra o verdadeiro retrato de Boa Ventura que os enfeites juninos escondem

A prefeita de Boa Ventura ornamentou com enfeites juninos a entrada e o centro da cidade na intenção de mascarar a realidade e dar aos visitantes uma impressão de cidade organizada, mas o retrato real é outro e mostra um município assolado por muitos e graves problemas. A denúncia é do vereador Micoca, do PC do B.

O parlamentar mirim visitou e fotografou alguns dos problemas urbanos locais. Segundo ele, esgotos a céu aberto correm por várias ruas, causando mal-estar e doenças nas pessoas. 
 
A infra-estrutura urbana da cidade é tão precária que, em artérias como a Rua José Soares e no conjunto Dinamérico Pinto, pedras estão situadas no leito das ruas, que também sofrem pelos dejetos.

O descaso da Prefeitura com essas questões sanitárias revolta os moradores, conforme o vereador, que aponta outros problemas igualmente sem solução, a exemplo do lixão, localizado próximo ao setor urbano, e que tem prejudicado a população e acarretado graves danos ao meio ambiente.

De acordo com Micoca, uma outra prova do descaso da Prefeitura com os problemas municipais é a precariedade da estrutura física da caixa d’água do sítio Várzea da Cruz. “A estrutura está ameaçada, as ferragens estão exposta e desgastada, e eu imagino o interior dessa caixa com a ferragem para fora, em contato com o líquido, comprometendo da qualidade da água que é consumida pelos estudantes”, comentou.

O vereador apontou vários outros problemas: como falta de medicamento na farmácia do município, dificuldade de acesso das pessoas a exames médicos e mau atendimento da população nos órgãos municipais. “Outro problema é que muita gente chega de madrugada na fila para tentar receber uma ficha para uma consulta médica, e nem sempre consegue”, lamentou ele, ao observar que até agora a Prefeitura também não contratou nenhum médico: os três que atuam no município são do Mais Médicos, do Governo Federal.

O vereador acredita que esta é uma das piores administrações de Boa Ventura em todos os tempos. “Dinheiro tem demais, mas não faz nada, e agora enfeita o centro da cidade para o povo de fora pensar que aqui está tudo bem, mas quem vive na cidade sabe que a realidade é outra ”, disse o parlamentar mirim.

folhadovali.com.br
Fechar [x]