Sem palanque: a cidade do Vale onde Coutinho não tem apoio sequer de um vereador

No município de Santana dos Garrotes, o governador Ricardo Coutinho (PSB), pré-candidato à reeleição, não deverá ter palanque na campanha eleitoral, que começa em julho. 

Isso porque Ricardo poderá não contar com o apoio de nenhuma liderança política da cidade. Nem sequer um dos nove vereadores locais, o governador conseguiu conquistar até agora.


Se depender dos votos de Santana dos Garrotes para alcançar o segundo mandato, Coutinho está em uma situação política difícil. O partido do governador tem diretório no município, mas a principal liderança da legenda, o ex-prefeito Carlinhos Soares, que faz oposição em Santana, deverá ficar com Cássio Cunha Lima (PSDB) por decisão do grupo oposicionista, o qual ele integra.

Além de Carlinhos e do também ex-prefeito Zé Alencar, que é peessedebista, três dos quatro vereadores da oposição, Neto Pinto (DEM), Tavin (PSDB) e Judivan Passos, do mesmo partido, também estão com Cássio. “Vamos dar uma grande vitória a Cássio em Santana”, disse Neto Pinto, ao comentar que a oposição está unida e quer vencer agora e em 2016 também.

Pelo outro lado, fazendo um governo cheio de irregularidades e sem realizações, segundo a oposição, o atual prefeito, Élio Ribeiro (PT), está apoiando a pré-candidatura de Veneziano Vital, do PMDB, e poderá ter dificuldade para dar voto ao seu candidato em face do desgaste político que sofre em consequência de sua péssima gestão, conforme seus opositores.


folhadovali.com.br
Fechar [x]