Um dos suspeitos de envolvimento no assalto que deixou filho de Policial de Conceição paraplégico, é preso em SP

Guardas Civis Municipais da cidade de Carapicuíba-SP prenderam, na noite do dia 17 de abril, o santanense Bruno Felipe Pereira da Silva. Ele foi preso depois de trocar tiros com os guardas e ter saído ferido.

Bruno é suspeito de envolvimento no assalto, que deixou o jovem Aroldo Ferreira (foto ao lado do pai) paraplégico, depois de levar um tiro na região lombar. O assalto aconteceu no mês de outubro do ano de 2013.


De acordo com informações do Delegado da Polícia Civil da cidade de Itaporanga, Dr. Cristiano, Bruno estava saindo de uma casa noturna com uma arma em punho.

Segundo o cabo, ele teria apontado a arma para uma pessoa e puxado o gatilho, mas a arma não teria disparado. Ao presenciar o fato, os Guardas Civis “Tinoco” e “Mano”, deram voz de prisão a Bruno, que apontou a arma para direção dos mesmos e puxou o gatilho.

Depois de uma troca de tiros, Bruno conseguiu fugir por uma “viela”. Os guardas fizeram buscas e o encontraram, baleado com um tiro no pé, momento em que uma pessoa estaria lhe dando fuga.

O acusado foi socorrido para o hospital Samaritano, onde foi medicado. Em seguida, os Guardas Civis anunciaram a sua prisão. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Carapicuíba, onde foi autuado por tentativa de homicídio, conforme disse o Delegado.

Ainda de acordo com informações do Delegado, Dr. Cristiano, por ocasião do suposto envolvimento do acusado no assalto que resultou com a paralisação do movimento das pernas de Aroldo, uma prisão preventiva foi decretada em desfavor de Bruno, na manhã desta terça-feira (13). A prisão foi decretada pela justiça da cidade de Itaporanga.

O acusado, que se encontra preso em São Paulo, deverá ser transferido para a Paraíba, depois que resolver as acusações que pesam contra ele na cidade de Carapicuíba.

Aroldo Ferreira, que é filho do Cabo Aniceto, da 2ª Companhia de Polícia Militar da cidade de Conceição, encontra-se em tratamento e tem chances de voltar a andar, conforme disse o seu pai à reportagem do portal Vale do Piancó Notícias.


Fonte: Portal Linha Direta/Vale do Piancó Notícias
Fechar [x]