Um ano da morte do ex-prefeito Antônio Porcino e uma missa será celebrada

Nesta sexta-feira, 2 de maio, completa um ano da morte do ex-prefeito de Itaporanga, Antônio Porcino, e uma missa será celebrada em sufrágio de sua alma, às 16h, na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição.

A missa em Itaporanga deverá reunir familiares e amigos do ex-prefeito, que faleceu em São Paulo, onde residia desde a década de 70, vítima de um infarto. Ele estava no seu terceiro casamento e deixou um casal de filhos, frutos do primeiro matrimônio.


Antônio Porcino governou Itaporanga entre os anos de 2005 e 2008, mas seu destaque maior foi no sindicalismo. Foi um dos fundadores da Federação Nacional dos Frentistas, com sede na capital paulista, entidade de quase meio milhão de trabalhadores que ele presidiu por muitos anos.

Apesar de ter vencido no Sudeste do País e chegar a ser um dos nomes mais respeitados do sindicalismo nacional, Porcino nunca esqueceu suas origens sertanejas e realizou o sonho de governar a cidade natal. O sítio Barrocão, onde nasceu, era o seu refúgio e fortaleza, e hoje é o local que abriga suas cinzas. Por vontade manifestada em vida, ele foi cremado.


folhadovali.com.br
Fechar [x]