Juiz de Sousa coloca em liberdade provisória acusado de matar cabo da PM na cidade de Conceição

Decisão do juiz plantonista da 2ª Vara de Sousa, Dr. Anderley Ferreira Marques, colocou em liberdade provisória, Erionildo Vidal de Sousa, mais conhecido por "Nildão", que na última quinta-feira (8) matou o cabo da Polícia Militar Damião Oliveira Gambarra. 
 
Após cometer o homicídio, Nildão ligou para a polícia e se entregou. O crime aconteceu por volta das 23h, no bar de propriedade do acusado, que fica localizado na comunidade rural Maria Soares, no município de Conceição.
 
O Alvará de soltura chegou no início da noite deste sábado (10) e, em seguida, Nildão foi solto. Ele se encontrava recolhido à cadeia pública de Conceição, desde o início da manhã de ontem (9), após ter confessado o homicídio durante interrogatório na Delegacia de Coremas, pra onde foi conduzido já que em Conceição não havia delegado na ocasião. O magistrado concedeu liberdade provisória sem pagamento de fiança, segundo art. 310 do CPB.  
 
 
Gilberto Ângelo/VPN
Fechar [x]