Ação que pedia cassação do Prefeito de Nova Olinda é julgada improcedente pela Justiça Eleitoral

Diamante Online
A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) impetrada pela coligação “Unidos Pela Vitória”, do candidato derrotado nas últimas eleições pelo PSB, contra o atual prefeito Diogo Richelli Rosas do município de Nova Olinda (PB), foi julgada na manhã desta quinta-feira (21), na 31ª Zona Eleitoral da cidade de Piancó.
A AIJE ainda tinha como investigados o atual vice-prefeito, João David Sobrinho e a ex-prefeita Maria do Carmo Silva.
De acordo com o Advogado Marcílio Batista, que defende os investigados, a ação foi julgada improcedente, favorecendo seus clientes, o Prefeito Diogo e o vice João David. Mesmo assim, a Juíza Eleitoral Mayuce Santos Macedo, entendeu que deveria ser aplicada uma multa à ex-prefeita Maria Do Carmo por contratações irregulares no ano de 2016.
Com o resultado favorável, o Prefeito Diogo comemorou dizendo que luta para dar continuidade aos trabalhos iniciados pela ex-prefeita Ducarmo e que estará buscando recursos juntos aos governos do estado e federal para fazer uma gestão voltada ao desenvolvimento novaolindense.   

Fechar[x]