Assaltos a bancos no Vale do Piancó foram possivelmente projetados em Diamante

Diamante Online
A Polícia Federal, através da sua Delegacia em Patos, deflagrou na manhã desta quarta-feira (19), a "Operação Maniçoba", com o objetivo de reprimir o tráfico de drogas no Sertão paraibano.
De acordo com as informações da PF, foram cumpridos três mandados de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juiz Antônio Eugênio, titular da 2ª Vara de Itaporanga (PB).
Para cumprimento efetivo dos mandados, a operação contou com o apoio das Delegacias de Polícia Federal em Juazeiro-BA e Salgueiro-PE, além da participação da PM-PE (ROCAM e GATI, do 5ºBPM e NIS4/7CIPM) e PM-BA (CIPE-Caatinga). Os mandados foram cumpridos nas cidades de São José do Belmonte-PE.
A prisão do principal alvo se deu na noite da última terça-feira (18), na cidade de Petrolina-PE. Trata-se de Edilzo Vicente da Silva, conhecido por "Edilzo Pernambucano", tido no meio policial como um dos maiores assaltantes a banco do Nordeste, com prática criminosa nos estados de Pernambuco, Piauí, Maranhão, Bahia, Ceará e Paraíba.
Segundo as informações fornecidas pela PF, o “Pernambucano” é o principal mentor de diversas organizações criminosas, com apoio intelectual/logístico e, possivelmente, com aluguel de armas e demais materiais, para vários assaltos a bancos que vem ocorrendo no Vale do Piancó e demais regiões.
"Edilzo Pernambucano" é tido também como um dos donos da plantação de maconha encontrada pela PF, em maio desde ano, na zona rural do município de Diamante, também no Vale do Piancó, com cerca de 21 mil pés da planta.
O local aonde foi encontrada a plantação, servia como base de apoio ao traficante e assaltante de alta periculosidade, de onde podem ter surgido todos os planejamentos dos assaltos aos bancos das cidades de Conceição, Bonito de Santa Fé, Diamante e Boa Ventura.
Em tempo: O MM Juiz titular da 2ª Vara da Comarca de Itaporanga, Antônio Eugênio Leite, tem provado por A + B, que realmente veio para desmistificar o cenário costumeiro que há anos se via na microrregião do Vale do Piancó, “que a tranqüilidade é bem verdade um cobertor aquecido de menino que cresce repentinamente”. Em Conceição, o Magistrado deu sua parcela de contribuição no combate ao tráfico e ao crime organizado. Recentemente empossado em Itaporanga, a maior cidade da região, não será de se esperar pouca coisa deste cumpridor da lei... Aguardamos! (Opinião da edição do Portal). 

Fechar[x]