Funcionários e alunos de escola em Itaporanga sofrem intoxicação e há casos graves

Folha do Vali

Alguns funcionários, estudantes e professores da escola estadual Professor Alencar Neves, em Itaporanga, sentiram-se mal durante a manhã desta quarta-feira, 5, e, ao menos, seis deles precisaram ser hospitalizados. Duas pessoas ficaram em estado grave, e uma delas foi removida a Patos.
                
As primeiras informações são de que a escola foi dedetizada no dia anterior por uma empresa contratada pelo estado e tudo indica que as vítimas tenham inalado resquícios do forte veneno aplicado na escola. As pessoas tiveram mal-estar, vômitos e desmaios.
               
Cerca de cinco servidoras e um professor foram hospitalizados. Uma das funcionárias perdeu os sentidos, seu quadro cardiorrespiratório foi agravado e teve que ser transferida para o hospital regional de Patos.
                 
Depois da intoxicação, as aulas foram suspensas, mas o clima foi de tensão na escola. Alguns estudantes passaram mal, mas não precisaram ser hospitalizados. Algumas vítimas só começaram a sentir os efeitos do veneno depois que chegaram em suas residências, como foi o caso do professor, que continua internado no hospital de Itaporanga.

Fechar[x]