A Prefeitura Municipal de Santana dos Garrotes lança projeto Agente Ambiental Mirim de Combate à Dengue

Ascom

A Prefeitura Municipal de Santana dos Garrotes, em parceria das com as secretarias municipais de Saúde, Educação e por meio do setor de Combate a Endemias, lançou na manhã desta terça-feira (28/03) no plenário da câmara vereador Geraldo Ferreira de Albuquerque, o Projeto “Agente Ambiental Mirim”. O projeto visa à formação de agentes mirins, como multiplicadores das ações de combate à Dengue e preservação do meio ambiente.

Para o projeto foi selecionadas crianças e adolescentes da rede pública de ensino, na faixa etária de 8 a 14 anos, que atuarão nas escolas e nos distritos onde está inserida. Os alunos nomeados pela escola participaram de um curso de capacitação para levarem aos moradores informações relevantes de controle e combate à Dengue e preservação do meio ambiente.




Apesar de inúmeras campanhas realizadas e a todo o momento os veículos de comunicação informar sobre a situação da Dengue no nosso município, ainda se encontram muitos focos positivos, principalmente dentro de residências e ainda se registram muitos casos da doença no município. Outro aspecto que dificulta o trabalho de combate à Dengue é a recusa de algumas pessoas em atender os agentes.

Com o projeto, espera-se que a sensibilização parta dos alunos e que a comunidade se sinta motivada a participar mais das ações preventivas realizadas pelo setor de controle de endemias, buscando uma mudança na atitude das pessoas com a adoção de condutas saudáveis em seu ambiente.

Cada grupo de agentes será acompanhado por um monitor. Estes monitores são supervisores de turmas de combate a endemias e já possuem experiência no setor. Segundo a secretária de Educação, Ednalra Gouveia, os agentes mirins receberam todo o material de trabalho e também uniforme que ajudará na identificação com também um certificado de participação do projeto.

O Secretário Municipal de Saúde, Rênio Macedo, que é com grande satisfação e orgulho que lançamos esse projeto inédito em nossa região em nossa Paraíba. “Além de ser uma forma de combate ao mosquito e a preservação do meio ambiente é sem duvida uma foram de inclusão social dos jovens na nossa sociedade”, ressaltou ele.

Para o Prefeito José Paulo Filho, é necessário que toda população continue em alerta e executando as ações que ajudam a manter longe o mosquito transmissor da doença. Ele destaca entre elas: manter a caixa d’água bem fechada, encher de areia os pratinhos dos vasos de planta, colocar o lixo em sacos plásticos e manter a lixeira bem fechada, manter bem tampados tonéis e barris d’água, não deixe água de chuva acumular sobre a laje e em recipientes nos quintais, disse o Prefeito.


Fechar[x]