Três pessoas são presos pela polícia civil, no Vale do Piancó

Agentes da polícia civil de Coremas efetuaram três prisões, nesta quarta-feira (11),duas delas na cidade de Olho D’água.

Por volta das 14:30h, os policiais cumpriram mandado de buscas no sítio Tapera, zona rural de Olho D’água. Na ocasião, os agentes encontraram uma espingarda, que teria sido utilizada por Manoel Lucas Evangelista, vulgo “Xôca” para efetuar disparos contra um desafeto, que ocorrido no ano de 2016.  Manoel foi preso por posse ilegal de arma. Ele pagou fiança de 400 reais e vai responder em liberdade.

Antes, porém de chegar no sítio Tapera, ao passar pelo acampamento dos “sem terras”, os agentes avistaram dois jovens em uma moto de cor preta, que saia do um sítio. Na ocasião, a garupa fez gesto suspeito, como se guardasse alguma coisa na cintura. Oportunamente os agentes interceptaram a moto, que depois de averiguações, descobriu-se que o veículo seria objeto de furto. A numeração do chassi da moto estava raspada. Ao verificar a placas, descobriu-se também que a sua cor original era vermelha. Ao ser interrogado, o condutor da moto, Afonso Alexandre Soares disse que teria comprado o veículo por mil reais. Ele foi preso em flagrante.

Outra prisão

Alan Soares Militao foi preso em flagrante e enquadrado na Lei Maria da Penha. O crime ocorreu dentro da delegacia de polícia civil da cidade de Coremas.

De acordo com informações do delegado regional, Glauber Fontes, Alan havia sido detido pela polícia militar, acusado de danos materiais. Ele prestou depoimento e foi liberado. No entanto, quando saia da delegacia, deparou-se com uma ex-namorada e começou a agredi-la com socos e chutes. O acusado foi novamente preso e autuado em flagrante
 
Portal Vale do Piancó Notícias
Fechar[x]