Adutora Nova Olinda/Itaporanga deve ser concluída nesta segunda, 16

Cerca de 40 homens estão trabalhando nos ajustes finais da adutora que transportará água de Nova Olinda para Itaporanga. Depois de oito meses de obra, finalmente os 

30 quilômetros de encanamento ficarão prontos para receber água nesta segunda-feira, 16, mas um novo teste de tubulação deverá ser realizado somente dois ou três dias depois, segundo informações neste sábado, 14.

                 
No primeiro teste, realizado há pouco mais de três semanas, foram detectados vazamentos por falhas de aderência na transição entre os tubos de aço e os de PVC, que ficam subterrâneos nos trechos de entrada das propriedades rurais, ocorrendo a necessidade da construção de 150 caixas de acoplagem, o que atrasou a obra em cerca de 20 dias, mas o serviço já está sendo finalizado.
                
O transformador que vai alimentar o sistema de captação e bombeamento d’água também já foi instalado na barragem. Com o novo teste, que deverá ser feito a partir, provavelmente, da próxima quinta-feira, a construtora espera que a água chegue finalmente à caixa da Cagepa em Itaporanga e seja distribuída para a cidade, mesmo sem tratamento. Mas há quase um ano sem água nas torneiras, a população conta os dias para aliviar o terrível sofrimento humano a que foi submetida por falta de ação governamental a tempo de evitar o colapso.
                
A intenção é distribuir água bruta para aliviar a situação caótica em que vive a população urbana local até a montagem e funcionamento da estação de tratamento d'água, que será instalada na área de propriedade do DER, a cerca de um quilômetro da caixa de armazenamento e distribuição, mas ainda não há data prevista para o início do tratamento d’água.

Folha do Vali
Fechar[x]