Disputa para presidência da Câmara Municipal de Nova Olinda terá duas chapas

A disputa pela presidência da Câmara Municipal de Nova Olinda tem dominado os debates políticos da cidade. A escolha de quem comandará o Legislativo no biênio 2017-2018 cabe a somente 9 votantes, mas é de uma complexidade, envolta em muita articulação, que serve de primeira prova de fogo para os novatos.

Há quem aposte que o novo presidente sairá dos cinco vereadores eleitos pela a situação, justamente pela quantidade, foram cinco eleitos.


O nome do ex-auxiliar da prefeita Maria do Carmo (PSDB), vereador eleito pela a primeira vez, Biu de Ramos (PSD) é da base do futuro prefeito, Diogo Rosas (PSDB, deverá ser o novo presidente da Câmara Municipal de Nova Olinda, para o biênio 2017-2018. 

Pela a oposição, ainda não foi definido um nome, segundo informações, mas que terá uma chapa, e um dos 4 vereadores poderá concorrer. Ainda segundo a fonte, vai haver reunião pra decidir.

A eleição da Câmara de Nova Olinda poderá ser definida nos 45 minutos do segundo tempo. Até o dia 1º, muitas reuniões e articulações deverão acontecer.

A eleição da mesa diretora da Câmara ocorre no dia 1º de janeiro. O processo é democrático, com cada um dos 9 vereadores tendo direito a voto. Em geral as eleições são concorridas por chapas, que definem o candidato a presidente, primeiro secretário, vice-presidente, 2º secretário e 2º vice-presidente.

Vereadores eleitos:

Marçal David da Silva - Marçal David (PP) - Situação
Valter Gonzaga de Sousa - Dr. Valter Gonzaga (PTB) - Situação
Damião Severino da Silva - Damião de Deuzinha (DEM) - Oposição
Severino do Ramos José da Silva - Biu de Ramos (PSD) - Situação
Maria dos Remédios da Silva - Maria Branca (PSDB) - Situação
Ananias Martins da Silva - Duga de Titico (PSB) – Oposição
Marizete Coriolano da Silva - Marizete de Antonio Zezinho (PMDB) - Oposição
Luis Leite de Sousa Júnior - Luís Júnior (PSB) - Oposição
Francisco Aguiar da Silva - Chico Aguiar (PSDB) - Situação

Fechar[x]