Neto Pinto: Uma história que se confunde com a própria história de Santana dos Garrotes; confira

Nas pequenas cidades do Sertão o que prevalece é a caridade humana, onde os que tem mais oferece um pouco as que tem menos. Bem, isso era assim em algumas cidades pequenas onde as famílias conheciam uns aos outros. 

E independente de parentesco, mas se fossem vizinhos, a  união era visível entre todos. Aquele que chegasse a assumir um cargo público, era um privilegiado. É o caso de Francisco Pinto Neto [Neto Pinto], hoje com 62 anos de idade. Um homem que nasceu para servir. Desde a sua tenra idade, seus familiares e vizinhos já perceberam nele o desapego as coisas materiais. 

Vamos conhecer mais um pouco da história desse homem que hoje se tornou uma das figuras mais conhecida da cidade de Santana dos Garrotes (PB).

Neto Pinto atendeu convite de amigos e se engajou na política para representar sua comunidade, o Distrito de Pitombeira. Candidatou-se a vereador e conseguiu se eleger para o mandato de 1982. Depois foi reeleito em 1988 e 1992. Com o seu trabalho solidário, onde via nos mais necessitados o seu ponto de ação parlamentar, foi convocado a ser candidato a vice-prefeito e eleito em 1996. E daí por diante veio uma sequência de eleições, chegando ao ponto de no ano 2000, colocar um filho seu, Ary Ramalho. Atualmente neto Pinto exerce mais um mandato de vereador, sendo que 2004, 2008 e agora em 2012, foi eleito e vai a reeleição agora em 2016, e já colocou o seu nome junto ao seu partido, DEM (do qual ele é presidente), como pré-candidato a vereador, mais uma vez. Foram exatamente seis mandatos de vereador, um de vice-prefeito e num desses ele colocou um dos seus filhos e conseguiu elegê-lo.

Voltando um pouco no tempo, foi em 1991, ainda no extinto PDS, que ele deu seu ponta pé inicial na política. Depois foi para o PFL e hoje integra as bases do DEM, do qual é o seu presidente no Município.

O mais interessante e que chama a atenção de todos é que, apesar de não se restringir apenas a apresentar Requerimentos, Projetos de Lei, Moções, etc na Câmara Municipal, ele a cada eleição, aumenta sua votação, por desenvolver trabalhos junto a população carente e, como ele sempre diz, "meu gabinete é a rua; gosto de atender o povo na rua". Interagindo com a população, a sua presença na Câmara se tornou uma necessidade para o eleitor de Santana dos Garrotes. Não é a toa que ele hoje desponta como um dos seis mais preferido pelo eleitor para continuar assumindo uma Cadeira na Câmara Municipal. Neste mandato que se finda, Neto foi o vereador que mais apresentou projetos em prol da população e do Município.

(Assessoria)
Fechar [x]