Prefeitura do Vale do Piancó ameaça professores que aderiram à Paralisação Nacional: VEJA NOTA

Veja NOTA:

A prefeitura de Santana dos Garrotes intimidou a classe do magistério, sob ameaça de cortar o ponto de todos os servidores da Educação do município que aderissem à Paralisação Nacional referente aos dias 15, 16 e 17 do corrente mês. No caso, a Prefeitura só deu o dia da terça-feira, 15, para a Paralisação.

Ao invés de apoiarem a classe, privaram estes de lutar por melhorias na educação pública, deixando com isso a classe de “mãos atadas” sem ter outra opção a não ser ir para a sala de aula.











Devido ao clima de ameaça e cortes salariais, a maioria dos professores decidiu por pressão irem para a sala de aula para não terem que ver no final do mês seu pequeno salário sendo reduzido ainda mais. Isso deixou, sem dúvida, a classe ainda mais desapontada com a gestão municipal, até porque as demais prefeituras do Vale do Piancó não interferiram na decisão dos professores de aderirem à paralisação, pelo contrário, apoiaram o movimento que é em prol de melhorias na educação desse país.

Quando se tem planejamento e organização escolar administrativa, todas as Secretarias Municipais de Educação, de todas as prefeituras do país inteiro, já deveriam fazer os seus calendários anuais, retirando esses dias de paralisação, pois é uma luta de toda a classe trabalhadora em favor de uma educação de mais qualidade em busca de maiores investimentos, para que possamos juntos, construir uma sociedade mais digna para as futuras gerações.

E mesmo com toda a pressão existente por parte da prefeitura municipal para calar a classe trabalhadora, bravos, nove professores não se intimidaram e se fizeram presente em um ato em praça pública realizado nesta quarta feira, dia 16/03/2016. “Não vamos calar jamais, o tempo do cabresto já passou e faz tempo”. #JuntosPorUmaEducaçãoDeQualidade.   

www.ARYRAMALHO.com – Professores do município.





Fechar [x]