Boa Ventura empenhou quase 140 mil reais em despesa com fogos, diz vereador

O vereador Micoca Jacinto, que integra a base da oposição na Câmara de Boa Ventura, lamentou que, em um período de tanta dificuldade para a população local, principalmente em função da seca dos últimos tempos e falta d’água no campo e na cidade, a Prefeitura tenha empenhado 139 mil e 700 reais em despesas com fogos de artifício em apenas dois anos: 2014 e 2015, conforme dados do Tribunal de Contas do Estado. Um gasto desnecessário, exagerado e suspeito, segundo ele.


                
As despesas com fogos em 2014 foram de 84 mil e 700 reais, dos quais foram pagos à empresa contratada 50 mil reais. Já em 2015 os empenhos com fogos totalizaram 55 mil reais, dos quais foram pagos, até o final do exercício fiscal, 5 mil, ficando a despesa restante para o exercício seguinte, ou seja, 2016.
                
Do total empenhado nos dois anos, foram pagos 55 mil reais de fogos até o final do ano passado. Conforme as justificativas de empenho redigidas pela Prefeitura, somente os shows pirotécnicos das aberturas das festividades juninas da cidade em 2014 e 2015 custaram 50 mil reais, cinco vezes mais o que gastou Itaporanga com a mesma prestação de serviço em duas festas de São Pedro. Mas há também empenhos justificando despesas com fogos em festividades escolares, padroeira, emancipação política e passagem de ano na cidade boaventurense.
                
O vereador Micoca pretende levar o assunto para o debate na Câmara Municipal e estuda, também, a possibilidade de denunciar esse gasto abusivo e exagerado no Ministério Público, conforme o parlamentar mirim, um dos mais combativos da oposição local.

www.folhadovali.com.br
Fechar [x]