Santana dos Garrotes se destaca na produção de batata doce: Assista!

É da comunidade rural de Serra Branca no município de Santana dos garrotes no Vale do Piancó que vai sair mais de 15 toneladas de batata doce para mais de cinco estados brasileiro. A batata doce já estar sendo considerado o ouro do Sertão.

O produto é uma  fonte importante de renda na cidade e fonte de renda para mais de vinte e cinco famílias  que vivem diretamente dessa cultura.


Em Serra Branca a batata doce é plantada o ano inteiro e sempre colhida em cento e vinte dias, a batata aqui é sustentada por um sistema de irrigação por meio de poços, mesmo devido à estiagem e a falta d'água que assola o Vale do Piancó pelo terceiro ano consecutivo, os plantadores dessa cultura estão satisfeito com a grande produção. Como comenta um dos produtores José Raimundo Filho.



São mais de sete hectares de terra, que cultivam batata doce, que é vendida em sacos de 60 kg.

Sob o forte sol, o agricultor  Jaelson Teixeira , trabalha na lavoura cultivando e colhendo as batatas, que já têm destino certo. Das sete hectares da sua propriedade, que fica em Serra Branca, cinco destinados ao plantio da batata doce. O agricultor conta que a cultura traz segurança, pois como fica debaixo da terra, não sofre com a interferência do clima, como a falta da chuva.

Para o também agricultor, Paulo Arara , a irrigação o ajudou a mudar de vida. Antes havia espera sem perspectivas, e hoje o que predomina é a certeza de uma boa colheita e renda garantida.


“A batata doce conhecida como sangua de boi é uma planta rústica que é muito resistente às pragas e de fácil trato”, seu processo de cultivo em Serra Branca não requer o uso de agrotóxicos nem outros tipos de venenos, mas o uso de apenas da água.

Central Vale Noticia
CVN TV
Fechar [x]