Câmara de Nova Olinda aprova por unanimidade contas de ex-prefeitos e entra em recesso parlamentar

A Câmara Municipal de Nova Olinda aprovou as contas dos ex-prefeitos Maria Galdino Irmã e Francisco Cipriano dos Santos (Ticô) em sessão realizada neste sábado, 20/06. 

As contas em votação eram referentes ao ano de 2009 e tinham parecer contrário do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba.

Daguia e Ticô enfrentaram alguns problemas junto ao Tribunal de Contas do Estado aonde chegou a ter as contas reprovadas.
ex-prefeito, Ticô dos Santos

Ex-prefeita, Daguia Galdino


ENTENDA

Os dois prefeitos sucederam-se no comando administrativo de Nova Olinda, em 2009. Maria Galdino governou o município de 1º de janeiro a 10 de novembro e respondeu por gastos não comprovados da ordem de R$ 247,5 mil. Seu sucessor, Francisco Cipriano dos Santos (período de 11 de novembro a 31 de dezembro). Ele teve que devolver aos cofres públicos R$ 115,6 mil pela repetição das irregularidades.

Todos os vereadores usaram a tribuna e disseram em poucas palavras que a realidade do município é totalmente diferente de outros municípios de grande porte, e o do TCE-PB às vezes peca em reprovar contas por não conhecer a realidade vivida pelo o gestor e a população.
Após os pronunciamento ocorreu à votação em que os ex-prefeitos tiveram suas contas aprovadas por unanimidade por todos os vereadores. 

Os dois ex-prefeitos compareceram à sessão e teve oportunidade de usar a tribuna da Casa de Leis para sua defesa e fez questão de lembrar das dificuldades enfrentadas por ele durante o período em que administrou a cidade.

Presente a sessão a prefeita, Maria Ducarmo(PSDB), hoje aliada dos ex-gestores. Como também secretários municipais, Neto Coloral (Agricultura), Biu de Ramo(Tesoureiro), lideranças políticas aliados da ex-prefeita e familiares.

Na mesma sessão, um requerimento foi apresentado e aprovado por unanimidade, de autorias dos vereadores Luís Jr. (PSB) e Dedé de Lula (PP) que solicita da prefeita, perfuração de poços artesianos nas comunidades rurais, Riacho Vermelho, Canto, Manguenza, Saco do Umbuzeiro, Santo Amaro, e Várzea da Cruz.

Em suas justificativas, os parlamentares disseram terem recebidos várias solicitações dos moradores, tendo em vista que essas comunidades estão sem água e poços, e que totalizando a população dessas comunidades chega a (1.000) mil famílias.

O requerimento foi aprovado. Os parlamentares só retornarão as sessões ordinárias no 26 julho.  

A Câmara de Nova Olinda atualmente é composta por 9 vereadores:

Valter Gonzaga (PMDB);
Gilson Getúlio (PSDB);
Dedé de Lula (PP);
Joaquim de Pastora (PSDB);
Luís Júnior (PSB);
Zé David (PSDB);
Tião de Braz (PTB);
Neto Quirino (DEM);
Chico Aguiar (PSDB).

(AR) - Ascom

























Fechar [x]