Servente é preso depois de atirar no cunhado em Coremas

O servente de pedreiro Manoel Barbosa Dias, de 38 anos, foi preso depois de disparar uma arma em direção ao seu próprio cunhado, José Adriano da Silva, de 25 anos, no interior da casa da própria vítima, que fica na Rua Getúlio Vargas, centro de Coremas, onde o acusado também reside.


Conforme a PM, o homem atirou duas vezes, mas a vítima não foi atingida. Um dos tiros acertou a parede da residência. Policiais militares chegaram imediatamente ao local e efetuaram a prisão do acusado, mas a arma supostamente utilizada por ele não foi encontrada. Manoel nega o crime, mas testemunhas asseguram que ele disparou a arma contra o cunhado em razão deste ter agredido sua irmã.

O homem foi conduzido para a delegacia, onde o delegado Roberto Barros iniciou a apuração do fato. O delegado solicitou a perícia e, depois do resultado pericial e oitiva das testemunhas, poderá indiciar o acusado, que deverá responder ao inquérito em liberdade.


folhadovali.com.br
Fechar [x]